Tamanho do texto

Pequim, 6 abr (EFE).- Um museu dedicado ao vinho, um produto relativamente pouco conhecido na China, foi inaugurado na cidade de Qingdao, no leste do país, informou hoje a agência oficial "Xinhua".

Pequim, 6 abr (EFE).- Um museu dedicado ao vinho, um produto relativamente pouco conhecido na China, foi inaugurado na cidade de Qingdao, no leste do país, informou hoje a agência oficial "Xinhua". O chamado Museu do Vinho de Qingdao mostra em 8.800 metros quadrados o processo de cultivo da uva, a história do produto ao longo dos séculos e as principais marcas. É possível experimentar vinhos de 17 países e ter a própria garrafa na adega do museu. A China é o maior consumidor de vinho da Ásia, mas o consumo anual per capita no país (0,97 litros por pessoa ao ano) é um terço inferior a média mundial. O vinho é um produto cada vez mais frequente nos supermercados chineses, nos restaurantes e nas lojas, embora ainda seja considerado um produto de luxo ou para gostos ocidentais. Vinhos da França, Itália, Austrália e Chile já são conhecidos pelos consumidores chineses. EFE abc/dm
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.