Moscou, 10 mai (EFE).- Chegou a 30 o número de mineiros mortos nas explosões de gás metano ocorridas na madrugada do domingo passado em uma mina na região de Kemerovo, coração da bacia hulheira siberiana, informaram hoje as autoridades russas.

Moscou, 10 mai (EFE).- Chegou a 30 o número de mineiros mortos nas explosões de gás metano ocorridas na madrugada do domingo passado em uma mina na região de Kemerovo, coração da bacia hulheira siberiana, informaram hoje as autoridades russas. "As equipes de resgate encontraram outros 17 mineiros. Infelizmente, todos estão mortos", afirmou hoje o ministro de Situações de Emergência da Rússia, Serguei Shoigu, citado pelas agências russas. Ele acrescentou que continua a busca de outros 60 mineiros e membros das equipes de salvamento que desceram às galerias acidentadas, após a primeira explosão e que ainda estão presos sob a terra. O ministro assinalou que os sistemas de drenagem de água da mina foram inutilizados pelas explosões, por isso que existe a ameaça de inundação, o que poria em maior risco a vida dos mineiros e complicaria os trabalhos de resgate. EFE io/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.