SÃO PAULO - A Venezuela pretende nacionalizar o Banco da Venezuela, que pertence hoje ao grupo Santander. O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, anunciou a decisão em cadeia nacional de rádio e televisão. Segundo Chávez, o Santander teria tentando vender o controle da instituição a um banqueiro venezuelano.

Eu estou interessado em comprar e nós vamos nacionalizar, disse, informando que pretende chamar os controladores do banco para negociar. O mercado estima que o controle exija um desembolso de US$ 1,9 bilhão.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.