Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Chávez manda deter construção de shopping em Caracas

Caracas, 21 dez (EFE) - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, ordenou hoje que não se instale um centro comercial em uma grande construção que está sendo erguida no centro de Caracas porque, em sua opinião, isso colapsaria a já saturada circulação da capital. Ali na Candelária, onde não cabe uma alma, estão fazendo um Sambil (centro comercial). Isso vai colapsar todo o centro de Caracas, disse Chávez no programa dominical Alô Presidente!.

EFE |

"Terão que me tirar de Miraflores (sede do Governo) se querem que isso seja um centro comercial. Não, não e não. É preciso tomar ações. Deixo em suas mãos, senhor prefeito, esse assunto. Isso não pode ser permitido", acrescentou.

O governante ordenou ao prefeito de Caracas, Jorge Rodríguez, que faça as gestões necessárias para que essa construção tenha outro uso e sugeriu que poderia ser um centro de ensino ou de saúde.

Chávez defendeu ainda que os centros das cidades devem ser prioritariamente de uso "social" e não deveria ser permitida, por exemplo, a existência de "cemitérios de veículos e depósitos de materiais" como os que há em Caracas.

O presidente venezuelano sustentou que essas instalações devem ficar "em torno" das cidades. EFE rr/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG