Tamanho do texto

Empresas pertencem a banqueiros processados por "irregularidades"

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ordenou neste domingo a intervenção em 80 empresas pertencentes a banqueiros processados por "irregularidades", e decretou a desapropriação de três companhias e de outros nove comércios que supostamente incorreram em "violação de preços", como disse em seu programa dominical de rádio e televisão "Alô Presidente".

Além disso, ele afirmou que deve rever rapidamente o uso da água por multinacionais instaladas no país, como Coca-Cola e Pepsi. "A água que essas empresas privatizam pertence ao povo. A água é um bem social", afirmou.

Além disso, Chávez aprovou a "aquisição forçada" da Alentuy CA, que fabrica latas de alumínio e a Envases Internacional SA, que produz embalagens para o setor de alimentação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.