Tamanho do texto

O presidente venezuelano Hugo Chávez anunciou neste sábado um investimento de 950 milhões de dólares para desenvolver a indústria petroquímica e elevar a Venezuela a segundo produtor de polietileno na América do Sul, depois do Brasil, nos próximos três anos.

"Aprovei 950 milhões de dólares para continuar impulsionando o desenvolvimento petroquímico", disse Chávez ao inaugurar uma unidade de fabricação de polietileno no estado de Zulia, 500 km a oeste de Caracas.

O presidente lançou há 11 meses um programa denominado "Revolução petroquímica socialista".

Quando Chávez assumiu o governo pela primeira vez, há 10 anos, a Venezuela produzia 60.000 toneladas ao ano de polietileno de alta densidade, e com o novo programa pretende alcançar 500.000 toneladas ao ano em 2011, segundo os dados citados durante o ato, transmitido em rede de rádio e televisão.

cd/pz/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.