Caracas, 27 dez (EFE).- O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse hoje que em janeiro anunciará medidas para que, em 2009, o país enfrente as conseqüências da crise econômica mundial, algumas delas voltadas a reduzir a dependência do petróleo.

"Nos primeiros dias de janeiro vou fazer anúncios econômicos", disse Chávez, que não deu mais detalhes e só antecipou que entre seus planos está "aumentar a receita" nacional "pela via das exportações não petrolíferas".

O governante lembrou que, este ano, a crise mundial "não tocou" na Venezuela, mas reiterou que o impacto da mesma no mercado do petróleo afetará o país "nos próximos anos".

O Governo venezuelano pretende "transformar esse impacto em algo positivo", como impulsionar políticas para diversificar a fonte de receita nacional, disse Chávez, durante um ato oficial no estado de Miranda, centro.

"Aumentar a receita (nacional) por via de exportações não petrolíferas ... temos que sair da dependência petrolífera, impulsionar a produção de bens exportáveis", como cacau, ouro, ferro, aço e cimento, ressaltou o líder. EFE gf/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.