Tamanho do texto

A chanceler alemã, Angela Merkel, pediu hoje às empresas que não cortem empregos como resultado da crise financeira global, alertando que as companhias não terão como se recuperar depois que a turbulência diminuir. Em seu discurso semanal na televisão, Merkel afirmou que as empresas não devem agir apressadamente demitindo funcionários capacitados porque isso as deixará em dificuldade para encontrar empregados qualificados quando a economia se recuperar.

"Como nós sabemos, depois da crise haverá crescimento novamente e então trabalhadores qualificados serão desesperadamente necessários", declarou Merkel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.