Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Cesta básica da cidade de São Paulo sobe 4,84% em junho e acumula alta de 30,83% em 12 meses

SÃO PAULO - O custo da cesta básica na capital paulista subiu 4,84% em junho e fechou o mês valendo R$ 242,24. É segunda cesta mais cara de um conjunto de 16 capitais analisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudo Socioeconômicos (Dieese), só perdendo para a cesta de Porto Alegre.

Valor Online |

Levantamento divulgado hoje pelo Departamento mostra que a inflação da cesta paulistana já acumula alta de 14,26% no primeiro semestre deste ano e aumento de 30,83% nos 12 meses encerrados em junho.

Assim como em outras capitais, houve aumento expressivo no mês passado de produtos como feijão (14,18%), batata (13,81%), arroz (10,31%) e carne (9,38%). Os únicos produtos que baratearam no mês foram tomate (-2,05%), óleo de soja
(-2,15%), banana (-1,26%) e manteiga (-0,86%).

No intervalo entre janeiro e junho os preços caíram apenas no caso do açúcar (-15,44%) e do café (-5,84%), mas o feijão, por exemplo, subiu 103,34% no período e o óleo de soja ficou 55,61% mais caro.

Tal encarecimento dos itens básicos exige do trabalhador paulistano remunerado pelo salário mínimo que cumpra uma jornada de 130 horas para comprar a cesta básica, seis horas a mais do que o exigido no mês de maio. O comprometimento do salário mínimo com a compra da cesta, após o desconto da Previdência Social, foi de 64,23%, acima dos 61,27% apurados em maio.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG