Santiago do Chile, 27 ago (EFE) - O Brasil crescerá 4,8% este ano, apesar da desaceleração econômica internacional, informou hoje o relatório Estudo Econômico da América Latina e do Caribe 2007-2008, publicado pela Comissão Econômica Para a América Latina e o Caribe (Cepal).

O órgão previu ainda que a América Latina crescerá este ano e que o Produto Interno Bruto (PIB) da região se expandirá 4,7% em 2008.

Embora o crescimento seja um ponto menor que os 5,7% obtidos pela região em 2007, a secretária-executiva da Cepal, Alicia Bárcena, destacou, ao apresentar o relatório, que este ano a América Latina completará cinco anos de aumento sustentado do PIB por habitante a uma taxa superior a 3%.

A Cepal estima que, em 2009, a América Latina crescerá 4%, devido principalmente ao prolongamento dos fenômenos que afetaram este ano a região, como a aceleração da inflação, o que causou um aumento na taxa de juros, que também repercute no PIB. EFE ns/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.