Tamanho do texto

O Centro Simon Wiesenthal pediu nesta quarta-feira à chanceler alemã Angela Merkel que bloqueie o maior acordo de gás entre a companhia alemã Steiner e o governo iraniano, recordando o marcado anti-semitismo do regime de Teerã.

O acordo entre a Steiner e o Irã prevê a construção de três instalações de produção de gás no valor de 100 milhões e com capacidade para produzir 10.000 barris de gás liquefeito diários.

A organização judia defensora dos direitos humanos pediu que Merkel paralize uma operação que já recebeu aprovação do departamento de controle de exportações da Alemanha.

dlc-ali/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.