Tamanho do texto

Embora complete um ano, a TV digital aberta brasileira ainda não oferece interatividade. Como mostra o cenário de Telecom e TI , o Ginga, software intermediário aberto que permite o desenvolvimento de aplicações interativas para a TV digital, ainda está na fase de especificações técnicas.

Ao mesmo tempo em que o mercado se diz satisfeito com o cronograma de implementação da TV digital pelas cidades brasileiras, concorda que a penetração do serviço neste pouco mais de um ano de operação não atingiu as expectativas iniciais. Além da parca divulgação dos benefícios da TV digital, a baixa adesão dos espectadores ao novo sistema de transmissão é justificada pelo salgado preço dos conversores.

Com a crise financeira, que dificultou o acesso ao crédito e encareceu os eletroeletrônicos que têm componentes indexados ao dólar, é de se esperar um ano bastante desafiador para o mercado de TV digital.

Por Michelly Teixeira.

A versão completa dos cenários está disponível para os assinantes na área de Análises & Cenários. Para mais informações, ligue para 0800 11 3000.