Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

CEF diz que reduziu juros de 21 linhas de empréstimos

A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou hoje cortes nos juros de 21 linhas de empréstimos para pessoas físicas e jurídicas, com o objetivo de ampliar a sua participação de mercado, que deve passar de 3,5% em 2008 para 11% em 2015. Segundo o superintendente regional da CEF em São Paulo, Augusto Bandeira Vargas, o banco pretende continuar a apresentar as menores taxas de juros do mercado, o que vem ocorrendo nos últimos 11 meses, segundo levantamento do Procon.

Agência Estado |

"Estamos aproveitando que a CEF está sendo muito solicitada para ampliar a participação de mercado", disse Vargas.

Dentre as alterações está a redução das taxas de juros no penhor de 2,99% ao mês para 2,25%. No cheque especial, a taxa mínima passou de 1,47% ao mês para 1,37% ao mês; a taxa máxima caiu de 7,98% para 7,49% ao mês. No crédito consignado, a CEF reduziu a taxa de 2,99% ao mês para 2,50%.

Para pessoa jurídica, o crédito para compra de veículos, chamado CRED Frota, passou de 1,36% para 1,28% na mínima e de 1,93% para 1,85% na máxima. No BCD Investimentos, voltado para bens de consumo duráveis, o banco reduziu as taxas maiores de 4,07% mais TR para 1,95% mais TR. As menores passaram de 3,18% mais TR para 1,1% mais TR. Na Conta Garantida para Micro e Pequena Empresa, que funciona como um cheque especial, a taxa de juros máxima passou de 3,1% para 2,6%.

O banco informou ainda que pretende ampliar em 24% os empréstimos para pessoa física e 35% para pessoa jurídica em 2009, o que resultará em um montante de contratações de R$ 91 bilhões, sendo R$ 41 bilhões para pessoa física e R$ 50 bilhões para pessoa jurídica. O saldo no final do ano, que considera as amortizações realizadas ao longo do período, deve ser de R$ 37 bilhões, segundo Vargas. Em 2008, as contratações devem somar R$ 72 bilhões e o saldo será de R$ 25 bilhões no final do ano.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG