O bancos oficiais estão liderando o movimento de compra de carteiras de crédito de instituições privadas, movimento que deve ser seguido pelos bancos privados. Hoje, a Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou que adquiriu 20 carteiras, tem disponível até R$ 3 bilhões para novos negócios e que o foco do banco, neste momento, é o crédito consignado e empréstimos feitos às empresas.

O Banco do Brasil (BB) também informou que está comprando carteiras de crédito consignado para consolidar a sua posição de liderança nesse mercado.

As operações dos bancos federais foi seguido por bancos privados. Itaú e Unibanco anunciaram hoje a intenção de adquirir a carteiras de créditos e outros bancos privados se movimentam nos bastidores. O economista-chefe da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Rubens Sardenberg, disse que o processo de compra das carteiras se dá "aos poucos", porque os bancos fazem uma análise criteriosa das carteiras. "Essa é a tendência", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.