Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Cecafé: volume de café exportado cai 10% e receita cresceu 10,7%

São Paulo, 06 - As exportações brasileiras de café em julho somaram 2.031.

Agência Estado |

787 sacas, volume 10% abaixo das 2.257.9234 embarcadas em julho do ano passado. A receita das exportações em julho deste ano ficou em US$ 330.661 milhões, montante 10,7% superior ao observado no mesmo mês do ano passado. Os dados foram divulgados hoje pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Segundo o Cecafé, no acumulado de janeiro a julho deste ano, as exportações somaram 14.872.597 sacas do produto e a receita ficou em US$ 2.413.657. Em relação ao desempenho de igual período do ano passado o volume exportado caiu 6% (ante 15.923.648 de sacas) e a receita cresceu 13,4% (sobre US$ 2.129.176).

O diretor geral do Cecafé, Guilherme Braga, atribui a queda no volume exportado em julho ao atraso na colheita, em função dos problemas ocorridos durante a florada dos cafezais no segundo semestre do ano passado. "Já os preços refletem um bom equilíbrio entre a oferta mundial do produto e a demanda", disse.

O balanço divulgado pelo Cecafé mostra o bom desempenho das exportações de café robusta (conillon), que cresceram 67%. Nos primeiros sete meses do ano passado, os embarques de robusta somaram 596.896 sacas e em igual período este ano foram exportas 996.550 sacas.

Os principais mercados do café brasileiro continuam sendo Alemanha, com 2.468.446 sacas adquiridas entre janeiro e julho; EUA, com 2.129.084 sacas; Itália, com 1.482.345 sacas; e Bélgica, com 1.212.109 sacas.

O Cecafé indicou a evolução do setor referente ao comportamento das exportações de café no mês de julho dos últimos seis anos, que passou das 1.798.290 sacas em julho de 2003 para as atuais 2.031.787. A receita no período cresceu de US$ 104.248 milhões em julho de 2003 para US$ 330.661 milhões em julho deste ano.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG