Washington, 24 set (EFE).- A União Européia (UE) e os Estados Unidos devem unir forças agora para um novo multilateralismo, que permita às duas áreas econômicas enfrentar juntas a crise, afirmou hoje o presidente da Comissão Européia (CE), José Manuel Barroso.

Em discurso na Universidade de Harvard, Barroso divulgou o que descreveu como "uma carta de Bruxelas ao próximo presidente dos EUA", na qual defende uma "nova agenda atlântica para a globalização".

"Como posso escrever uma carta quando ainda não sabemos quem será o próximo presidente dos EUA?", questionou Barroso.

"A resposta é simples: porque seja qual for o presidente (...) os valores compartilhados entre EUA e UE seguem sendo os mesmos", afirmou.

Segundo Barroso, "nestes tempos de incerteza", os EUA "necessitam da UE mais do que nunca", acrescentou.

"Em ambos os lados do Atlântico devemos manter mercados financeiros abertos e dinâmicos", assinalou Barroso.

"Para alcançar isso precisamos de regras claras e eficazes, talvez regras estabelecidas de comum acordo, quando for apropriado, que assegurem a transparência e a confiança no mercado".

Na carta, Barroso não fez referência à América Latina em sua proposta de política comum. EFE jab/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.