Tamanho do texto

Bruxelas, 11 ago (EFE) - A Comissão Européia (CE) afirmou hoje que a companhia aérea irlandesa de baixo custo Ryanair tem poder para cancelar reservas de vôos quando forem realizadas através de sites diferentes do seu, indicou um porta-voz do Executivo da União Européia (UE).

Ryanair começou hoje o processo de identificação das milhares de reservas de seus vôos feitas através de agências de viagens que operam pela internet com a intenção de cancelá-las nos próximos dias.

O porta-voz da CE Ton van Lierop explicou à Agência Efe que a Ryanair pode fazer o cancelamento quando as reservas tiverem sido feitas por um site que não é o oficial da empresa.

A Ryanair garantiu que o valor das passagens será devolvido integralmente, tanto ao comprador quanto aos operadores, que deverão depois reembolsá-lo aos clientes.

A companhia irlandesa se remontará, pelo menos, a um mês para identificar essas reservas, o que poderia afetar vôos programados até para março. EFE rja/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.