Madri, 3 nov (EFE) - O presidente da Comissão Européia (CE, órgão Executivo da União Européia), José Manuel Durão Barroso, disse hoje que, frente à crise atual, a solução não está em fechar os mercados, mas em fortalecê-los, dotando-os de regras claras.

Barroso fez as declarações na sede da Real Academia de Ciências Morais e Políticas em Madri, onde participou do ato de apresentação do projeto editorial Europa.

O presidente da CE ressaltou que os mercados precisam de regras "para serem abertos", além de normas de "transparência, flexibilidade e responsabilidade".

"Há dificuldades, não podemos negá-lo, e somos plenamente conscientes", disse Barroso, que acrescentou que "esta não é uma crise européia, mas uma crise mundial que afeta a Europa de maneira menos dramática que a outras regiões do mundo". EFE rat/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.