Moscou, 18 dez (EFE).- O Cazaquistão anunciou hoje que não tem a intenção de reduzir a extração de petróleo mesmo após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) dizer que pretende diminuir sua produção.

"Não adotamos nenhuma política coordenada com a Opep nesta questão e não tomamos nenhuma decisão concreta de corte da produção", declarou Sauat Mynbayev, ministro de Energia e Recursos Minerais do Cazaquistão, citado pela agência oficial russa "RIA Novosti".

Por outro lado, o ministro de Economia e Planejamento Orçamentário, Bakhit Sultanov, disse que o Cazaquistão mantém suas previsões de extração de petróleo para 2009 em 70 milhões de toneladas (cerca de 511 milhões de barris).

A 151ª conferência ministerial da Opep, realizada na cidade argelina de Oran, decidiu ontem diminuir sua cota oficial de produção em 2,2 milhões de barris diários a partir do dia primeiro de janeiro de 2009. EFE egw/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.