SÃO PAULO - A fabricante de equipamentos pesados Caterpillar informou nesta segunda-feira ter planos de cortar 20 mil postos de trabalho como parte de um esforço agressivo para reduzir custos em tempos de recessão econômica. Nós iniciamos ações que irão remover cerca de 20 mil trabalhadores de nossos negócios e todos os gastos indiretos serão fortemente controlados , informou a companhia em nota. Ao final do ano passado, a Caterpillar contava com cerca de 113 mil funcionários.

" Esses são tempos de incerteza e é imperativo que foquemos o time da Caterpillar em uma dramática redução do cronograma de produção e dos custos, em linha com as pobres condições da economia ao redor do mundo " , disse em nota o presidente-executivo da companhia, James Owens.

" Nós esperamos adotar as ações que forem necessárias para colocar os níveis de empregos de produção dentro do ideal até o fim do primeiro trimestre " , completou o executivo.

A Caterpillar encerrou o quarto trimestre de 2008 com lucro líquido de US$ 661 milhões (US$ 1,08 por ação), o que representa uma queda de 32,2% em relação ao mesmo período de 2007, quando o ganho líquido somou US$ 975 milhões (US$ 1,50 por ação). A receita bruta avançou 6,41% no mesmo intervalo de comparação, para US$ 12,9 bilhões, porém os custos operacionais cresceram bem mais, 14,5%, para US$ 12,46 bilhões.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.