SÃO PAULO - No dia em que a fabricante de equipamentos pesados Caterpillar informou ter planos de demitir 20 mil funcionários mundialmente, a unidade brasileira da empresa anunciou novos períodos de férias coletivas e negociações para implementação de licença remunerada aos trabalhadores de sua unidade em Piracicaba, no interior paulista.

Alegando necessidade de ajustar seu ritmo de produção ao momento econômico mundial, a empresa já demitiu 380 funcionários em Piracicaba e concedeu férias coletivas a quase todos os 4,6 mil trabalhadores da unidade entre os dias 5 e 16 de janeiro deste ano.

Além de não descartar novas demissões, a empresa anunciou nesta segunda-feira novas férias coletivas, desta vez nos períodos entre 16 e 27 de fevereiro e de 16 a 25 de março. Também estão sendo negociados com o Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba períodos de licença remunerada com salário reduzido e programas de treinamento para os funcionários afastados.

As condições desses acordos, no entanto, ainda não foram definidas, o que deve acontecer na próxima semana, segundo assessoria da Caterpillar no Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.