Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Cassinos do magnata Donald Trump pedem concordata

A Trump Entertainment Resorts, grupo de cassinos do magnata americano do setor imobiliário Donald Trump, pediu concordata nesta terça-feira.

AFP |

"Estamos concentrados em nossa meta de reestruturação, para reduzir nossa dívida e reforçar nosso balanço financeiro neste momento de dificuldades econômicas", explicou Mark Juliano, presidente do grupo, em comunicado.

O grupo possui liquidez suficiente para garantir o prosseguimento de suas atividades, e seus clientes não serão afetados pelo pedido de concordata, assegurou Juliano.

O Capítulo 11 da lei de falências, ao qual recorreu o grupo diante de um tribunal de Nova Jersey (nordeste dos EUA) permite a uma empresa continuar funcionando e se reestruturando, sendo protegida de seus credores.

A Trump Entertainment Resorts possui três cassinos em Atlantic City, uma cidade de Nova Jersey muito frequentada pelos moradores de Nova York mas onde o setor dos jogos de azar viu seus lucros despencarem por causa da crise econômica.

O pedido de concordata do grupo, assolado por uma dívida de 1,7 bilhão de dólares, fora antecipado pelo Wall Street Journal em um artigo publicado nesta terça-feira.

"Esta é a terceira vez que o grupo se apresenta diante de um juiz das falências", lembrou o jornal.

Sexta-feira, Donald Trump, fundador e principal acionista com uma participação de 28%, entregou o cargo de presidente do Conselho de Administração da Trump Entertainment Resorts por desavenças com os detentores de obrigações do grupo.

jug/yw

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG