Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Caso Madoff pode ter deixado 3 milhões de vítimas

Madri - O número de vítimas da suposta fraude de Bernard Madoff poderia ser de 3 milhões no mundo todo, segundo o escritório de advogados Cremades & Calvo Sotelo, que representa, junto com outros 30 escritórios, cerca de 2,9 mil prejudicados na Europa.

EFE |

 

O presidente do escritório, Javier Cremades, disse nesta terça-feira que o investimento inicial destes 2,9 mil clientes afetados pela suposta fraude é de quase US$ 15 bilhões, incluindo a ação coletiva apresentada em Miami.

Dos 3 milhões de vítimas, "aproximadamente 30%" ainda não está consciente de sua situação, pois sua exposição a esses fundos é "marginal ou acontece através de um plano de previdência", acrescentou.

Javier Cremades disse também que a fraude, cujo volume deve superar os US$ 50 bilhões iniciará mais de 15 mil pleitos no mundo todo, que ocuparão mais de 45 mil advogados.

Leia mais sobre Madoff

Leia tudo sobre: madoff

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG