Tamanho do texto

Está marcada para o final de fevereiro a estreia das Casas Bahia no comércio eletrônico. A grande novidade do projeto é que o consumidor poderá experimentar os produtos como se estivesse numa loja tradicional.

O cliente que procurar uma geladeira, por exemplo, vai poder abrir virtualmente a porta do eletrodoméstico, inspecionar os compartimentos e ter alguém que o auxilie na hora da compra. "Vamos procurar esclarecer no site o que o cliente quer saber do vendedor. Queremos estabelecer um diálogo", diz o diretor administrativo e financeiro da rede, Michael Klein.

Ele não dá detalhes das novidades que o seu canal de vendas eletrônico terá. Conta apenas que estão sendo realizadas mais de mil filmagens de demonstração de produtos, que serão ofertados na rede. O objetivo é ter maior interatividade num canal de vendas que ele considera impessoal. Segundo Klein, pesquisas revelam que uma boa parte das compras na internet não são fechadas porque os usuários não têm familiaridade com o computador. O projeto do comércio eletrônico estava previsto para entrar em funcionamento no fim do ano passado.

Leia mais sobre internet