A assessoria de imprensa da Casa Civil informou há pouco que o governo liberou R$ 200 milhões para ações emergenciais nas áreas atingidas pelas enchentes no Rio de Janeiro, que deverão ser comandadas pelo Ministério da Integração Nacional. Em reunião hoje no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), os ministros da Casa Civil, Erenice Guerra; do Planejamento, Paulo Bernardo; e da Integração Nacional, João Santanna, analisaram a situação do Rio de Janeiro e definiram as primeiras ações.

A assessoria de imprensa da Casa Civil informou há pouco que o governo liberou R$ 200 milhões para ações emergenciais nas áreas atingidas pelas enchentes no Rio de Janeiro, que deverão ser comandadas pelo Ministério da Integração Nacional. Em reunião hoje no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), os ministros da Casa Civil, Erenice Guerra; do Planejamento, Paulo Bernardo; e da Integração Nacional, João Santanna, analisaram a situação do Rio de Janeiro e definiram as primeiras ações. O governo estadual e a prefeitura do Rio solicitaram um total de R$ 370 milhões. O governo federal também enviará 50 novas ambulâncias para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e 52 kits de emergência para atender 75 mil desabrigados. Por meio de sua assessoria, Erenice Guerra disse que todas as demandas estão sendo analisadas e que o governo também avalia os estragos causados pelas chuvas na madrugada de hoje em Niterói (RJ).
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.