A Casa Branca voltou hoje a se declarar aberta à idéia de um segundo plano de resgate da economia americana, nos moldes do pronunciando pelo presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke.

A porta-voz da Casa Branca Dana Perino repetiu, no entanto, as objeções do governo do presidente George W. Bush a propostas dos adversários democratas a um plano desse tipo.

"Nosso espírito está aberto a essa idéia mas, no momento, concentramos nossos esforços na necessidade urgente de fazer aplicar o pacote" aprovado de 700 bilhões de dólares.

"Continuamos a debater o assunto com os legisladores e estamos abertos a idéias que tanto democratas quanto republicanos apresentam de estimulação da economia de modo a sair desta fase descendente", disse Perino a bordo de um avião que conduzia Bush a Luisiana para uma mesa-redonda sobre economia.

Outro porta-voz da Casa Branca, Tony Fratto, destacou que a Casa Branca não havia mudado de discurso sobre este tema, e negou que Bush esteja cada vez mais de acordo com a idéia de um segundo plano.

lal/chv/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.