Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Casa Branca reitera inclusão de automobilísticas em resgate financeiro

Washington, 28 out (EFE).- A Casa Branca reiterou hoje que as grandes empresas automobilísticas dos Estados Unidos podem ser incluídas no plano de resgate para o setor financeiro avaliado em cerca de US$ 700 bilhões.

EFE |

Segundo explicou hoje a porta-voz da Casa Branca, Dana Perino, as grandes montadoras de automóveis estiveram em contato a respeito disto com os Departamentos do Tesouro, Energia e Comércio.

Em sua entrevista coletiva diária, a porta-voz também assinalou que o Governo trabalha para iniciar "o mais rápido possível" a entrega de um empréstimo de US$ 25 bilhões a esses fabricantes, aprovado pelo Congresso no início do mês, junto ao plano de resgate financeiro.

As empresas que se poderiam beneficiar destes planos são Chrysler Financial e Gmac -financeiras da Chrysler e da General Motors, respectivamente.

O fundo de investimentos Cerberus possui 51% da Gmac e a totalidade da Chrysler Financial. Os 49% restantes da Gmac segue nas mãos da General Motors.

Estas empresas, junto com a Ford Credit -braço financeiro da Ford- oferecem empréstimos para a compra de veículos a indivíduos assim como às concessionárias para a aquisição de estoque.

A General Motors negocia com as autoridades federais americanas a ajuda de US$ 5 bilhões para adquirir a Chrysler Financial, que até agora está sob controle de Cerberus.

"Tentamos usar as ferramentas de que o Congresso nos proveu" para ajudar as automobilísticas, "empresas importantes para regiões que estão passando mal atualmente", declarou Perino.

A porta-voz acrescentou que há "a possibilidade desse empréstimo para que readaptem suas fábricas e as ajudem a ser mais competitivas no futuro". EFE mv/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG