A Casa Branca acredita na probabilidade real de o Senado vir a aprovar o plano de resgate de 14 bilhões de dólares para a indústria automobilística, disse aos jornalistas a porta-voz Dana Perino.

"Acreditamos na possibilidade de ele vir a ser aprovado ainda hoje", afirmou.

"A economia está tão debilitada que acrescentar outra possível perda de um milhão de empregos é algo que não se pode permitir atualmente", disse Perino.

Os membros da Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovaram na noite de quarta-feira um pacote de socorro de 14 bilhões de dólares para as principais montadoras americanas de veículos.

O texto, acertado na manhã do mesmo dia entre negociadores da maioria democrata no Congresso e a Casa Branca, foi aprovado por 237 votos contra 170.

O projeto de lei prevê a liberação, de forma imediata, de até 14 bilhões de dólares em empréstimos para General Motors (GM), Chrysler e Ford, as "Três Grandes" montadoras americanas.

ok/lm/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.