Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Casa Branca: pacote tem maior chance de aprovação hoje

As alterações realizadas no pacote de resgate do sistema financeiro, depois de sua rejeição pela Câmara dos Representantes, aumentaram as chances de aprovação pelo Senado, de acordo com a Casa Branca. A votação da versão revisada do plano deve ocorrer hoje depois das 20h30 (de Brasília).

Agência Estado |

Entre as medidas incluídas pelo Senado estão a elevação do limite de depósitos garantidos pela Corporação Federal de Seguro de Depósitos (FDIC, na sigla em inglês) de US$ 100 mil para US$ 250 mil, além da redução de impostos. O pacote também inclui a prorrogação de créditos fiscais para empresas e para projetos de energia renovável. São mudanças adotadas com o propósito de reduzir o ceticismo de parlamentares republicanos e democratas.

Tony Fratto, porta-voz da Casa Branca, disse que o pacote foi modificado "para melhorar de forma significativa as chances ser aprovado por ambas as Casas e chegar à mesa do presidente". Segundo ele, o governo acredita que a elevação do limite de depósitos garantidos pela FDIC "é uma melhora importante" com relação à versão anterior. A Casa Branca também apóia as provisões fiscais incluídas no pacote, mas pensa que elas não deveriam ser compensadas, o que pode provocar a oposição dos democratas mais conservadores em termos fiscais.

O presidente George W. Bush continua a fazer um lobby agressivo pela aprovação do plano de resgate, telefonando aos senadores e pedindo que eles selem seu apoio à medida. Fratto, que não mencionou os nomes dos congressistas que estão na lista do presidente, disse que as conversas até agora têm sido "muito positivas", com os senadores compreendendo o senso de urgência com o qual se deve enfrentar a crise.

Bush almoça hoje com o secretário do Tesouro americano, Henry Paulson, e com o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Ben Bernanke. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG