Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Casa Branca defende plano do Tesouro, apesar da reação do mercado

A Casa Branca defendeu nesta quarta-feira o plano Geithner de estabilização do sistema financeiro, que prevê injetar até 2 trilhões de dólares na economia americana, depois da reação hostil dos mercados.

AFP |

Wall Street havia caído fortemente na terça-feira, em meio à decepção dos investidores com o novo projeto, anunciado pela manhã pelo secretário do Tesuoro, Tim Geithner, por considerá-lo vago e complexo. O Dow Jones havia caído 4,62% e o Nasdaq, 4,20%.

"O plano apresentado pelo secretário (do Tesouro) não vai resolver os problemas do mercado em um dia", declarou nesta quarta-feira o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs.

Ele rejeitou a ideia de que o plano havia sido precipitado. "Foi apresentado depois de pronto", disse Gibbs, indicando que alguns investidores haviam ficado decepcionados com os primeiros vazamentos incorretos na imprensa.

"Estou seguro de que muitos atores do sistema bancário esperavam que os ativos fossem assimilados de maneira pouco razoável ou com um orçamento pouco razoável (...) o que beneficiaria os acionistas mais do que os contribuintes", declarou Robert Gibbs.

col/chl/sd

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG