Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Casa Branca defende plano de bancos, apesar de queda na bolsa

SÃO PAULO - A Casa Branca disse hoje, por meio de porta-voz, que o sucesso do plano de socorro ao setor financeiro anunciado ontem pelo secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, não deve ser medido pelo desempenho das bolsas em um dia, mas pelo que ele fará de melhor para a saúde da economia no longo prazo. Os comentários foram feitos há pouco pelo porta-voz Robert Gibbs. Segundo ele, o novo pacote corrige uma série de problemas no plano antigo, ao dar mais abertura e transparência para as medidas e ao enfatizar a participação do setor privado no processo.

Valor Online |

Gibbs disse ainda que o plano vai restaurar o fluxo de crédito para os consumidores e pequenas e médias empresas.

Os principais indicadores acionários das bolsas de Nova York caíram mais de 4% ontem, diante da frustração dos investidores com o plano.

Respondendo hoje no congresso dos EUA sobre a falta de detalhes da sua estratégia, Geithner disse que seria errado expor esse pontos antes de eles estarem completamente definidos. "Isto significa que haverá desapontamento até o nível dos detalhes estar correto. Mas eu consigo conviver com isso", afirmou o secretário do Tesouro dos EUA.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG