Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Casa Branca critica Opep por cortes na produção de petróleo

Washington, 24 out (EFE).- O Governo George W.

EFE |

Bush reiterou hoje sua confiança na lei de oferta e procura e nos mercados livres, ao criticar a decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de reduzir as cotas de produção de petróleo.

A Opep anunciou hoje que seus membros reduzirão a extração de petróleo em aproximadamente 1,5 milhão de barris diários, a partir de 1 de novembro, em sua primeira decisão do tipo em quase dois anos.

"Sempre foi nossa opinião que o valor das matérias-primas, incluindo o petróleo, deveria ser determinado em mercados abertos e competitivos, e não com este tipo de decisão", declarou o porta-voz da Casa Branca, Tony Fratto.

Por sua parte, a porta-voz do Departamento de Energia americano, Healy Baumgardner, disse que os EUA se preocupam, principalmente, com "que os mercados continuem bem abastecidos".

A Opep tomou sua decisão depois de os preços do petróleo no mercado internacional caírem de US$ 147 em julho, para os US$ 65 atuais. EFE jab/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG