Tamanho do texto

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, está muito preocupado com a alta dos preços no país, mas confiante de que o Federal Reserve (Fed, banco central americano) pode lidar com a situação.

O índice de preços ao consumidor (CPI) subiu 1,1% em junho ante maio, informou o Departamento de Comércio dos EUA hoje. Analistas esperavam que o índice avançasse 0,7%. Em comparação a junho de 2007, o CPI subiu 5%, a maior alta desde maio de 1991.

"O presidente está muito preocupado com o impacto dos preços elevados nos americanos, especialmente aqueles de menor renda", disse a porta-voz da Casa Branca Dana Perino. "O que o presidente reitera é o que ele afirmou ontem, que a saúde da economia depende de a inflação continuar baixa e o Federal Reserve, como disse ontem o presidente (Ben) Bernanke em seu discurso, está monitorando de perto a inflação. Temos confiança no compromisso de Bernanke com o crescimento econômico e a manutenção da inflação sob controle".

Etanol

O presidente do Fed, Ben Bernanke, disse hoje que apóia o livre comércio e que um corte da tarifa de importação imposta pelos Estados Unidos ao etanol brasileiro "seria um bom passo a ser tomado". A declaração foi feita durante depoimento no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos. As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre inflação