SÃO PAULO - A Cetelem, financeira do grupo BNP Paribas, a MasterCard e a Redecard estabeleceram um acordo estratégico que permitirá que o cartão da bandeira Aura passe a ser aceito em mais de 1,3 milhão de estabelecimentos comerciais em todo Brasil. O anúncio foi feito por meio de comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e prevê, ainda, a conversão da atual base de mais de 3 milhões de cartões Aura em cartões co-branded Aura-MasterCard ao longo dos próximos cinco anos. As empresas resolveram trazer para o Brasil uma parceria entre MasterCard e Cetelem que possui um histórico de sucesso na Europa, onde já foram emitidos mais de 7 milhões de cartões. A escolha da MasterCard não foi por acaso.

Emitimos cartões MasterCard em diversos países e sabemos que se trata de um parceiro que, assim como a Cetelem, sabe se adaptar à velocidade e à flexibilidade do varejo. No Brasil, com a expertise da Redecard em tecnologia e segurança, foi possível inovar ainda mais com a aceitação em toda a base de estabelecimentos credenciados à Redecard em um único dia", afirmou o diretor-executivo de marketing e desenvolvimento da Cetelem Brasil, Franck Vignard-Rosez, por meio de comunicado.

O diretor-executivo de produtos e emissores da Redecard, Ronaldo Varela, comentou que essa parceria comprova o trabalho que a Redecard vem realizando em oferecer aos estabelecimentos comerciais novas oportunidades de negócios.

O comunicado contempla também que a Cetelem lançará no início de 2009 o cartão Aura-MasterCard. A financeira européia espera emitir 2 milhões de cartões Aura-MasterCard para novos clientes nos próximos cinco anos.

"O banco fideliza seus clientes graças à oferta de um produto com mais valor agregado; os comerciantes beneficiam-se com o aumento do fluxo de portadores de cartão Aura na rede de aceitação estabelecimentos comerciais e os usuários finais poderão usar seus cartões nessa ampla rede em todo o Brasil", concluiu, o presidente da MasterCard Brasil, Gilberto Caldart.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.