Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Trabalho temporário aquece setor varejista

A previsão é de que sejam criadas mais de 100 mil vagas para atender às vendas de Natal, em todo o Brasil

Isis Coelho |

Aqueles que estão em busca de uma colocação no mercado de trabalho, preparem o currículo e as pernas. As vendas de Natal prometem, não só boas oportunidades, quanto a possibilidade de ganhos extras.

De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizaveis e de Trabalho Temporário (Asserttem), a previsão é de que 113 mil postos de trabalho temporários sejam abertos em todo o país. Número que representa um aumento de 8% em relação ao mesmo período do ano passado. As empresas já estão treinando os funcionários que vão trabalhar no final do ano.

Nem mesmo a escassez de crédito para pessoa física em razão da crise financeira internacional deve afetar o varejo. O Sindicato das Empresas de Prestação de Serviços a Terceiros, Colocação e Administração de Mão-de-Obra e de Trabalho Temporário no Estado de São Paulo (Sindeprestem) acredita que o forte apelo do Natal e a injeção do 13º salário na economia do País devem manter as boas perspectivas esperadas pelo setor. 

O brasileiro não possui a cultura de guardar esse dinheiro extra e acaba comprando presentes para a família e eletrodomésticos para casa, explica Vander Morales, diretor do Sindeprestem.

As contratações terão início na segunda quinzena de outubro e seguem até o final da primeira quinzena de dezembro. A média salarial gira em torno de R$ 665.

 

 

Leia tudo sobre: ig empregos carreiratemporários

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG