Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Tensão pré-carnaval: como manter a equipe motivada

Consultor dá dicas para garantir a produtividade dos funcionários

Andreza Emília Marino |

Braços cruzados, decisões adiadas, falta de concentração, negócios na dependência de outras pessoas... Muitos profissionais em férias, as vendas diminuem e os funcionários trabalham em um ritmo menos acelerado que o normal. Essas são algumas das características que costumam ser registradas no longo período que vai das festas de final de ano até o carnaval.

O senso comum já diz que, no Brasil, nada funciona nem acontece antes dos quatro dias de folia. Mas será que essa é a postura mais adequada, sobretudo porque estamos vivendo um período de instabilidade econômica e financeira? Para Fernando Feitoza, da Across, especializada em desenvolvimento organizacional, esse assunto veio à tona agora por conta da crise, mas acontece todo início de ano. Nesse momento, a palavra de ordem é competitividade. Ficar parado esperando o carnaval passar para tomar decisões e iniciar projetos pode ser um erro irreparável, alerta o consultor. Ele ensina como funcionários e empresas podem manter-se motivados nesse período.

Começar no começo
O certo é adotar estratégias para começar a gerar resultados já no início do ano e não perder o ritmo. Com o carnaval no final de fevereiro, se toda a empresa iniciar os trabalhos depois do feriado, os resultados só começarão a aparecer no final de março, ou seja, um trimestre já foi comprometido. Segundo Feitoza, os gestores devem conversar com seus subordinados para que eles entendam a necessidade de se dedicarem sempre.

Ficar de olhos bem abertos
Para quem só pensa no feriado, a dica do consultor é nunca perder de vista a rotina da empresa. A equipe precisa ter uma percepção clara do que está acontecendo, diz. Além disso, o líder do grupo deve dar o exemplo. Se for sair de férias, é importante deixar um planejamento bem estruturado, traçar metas e fazer um check-list de tudo que pode ser adiantado até o carnaval, conta Fernando.  

Ampliar a atuação
As oportunidades não param. O funcionário pode aproveitar o momento para aumentar o seu networking e se aproximar dos colegas de trabalho. Aquela pessoa que você mal conhece pode convidá-lo para participar de um projeto no futuro, ou até mesmo indicá-lo para uma oportunidade em outra empresa.

Livrar-se das pendências
Segundo o consultor, o começo do ano também é o momento ideal para finalizar os trabalhos pendentes do ano passado e aproveitar para traçar metas e estratégias, pessoais ou coletivas, para 2009, além de fazer uma retrospectiva para analisar os pontos fortes e fracos do ano anterior e assim, evitar erros recorrentes.

Começar o jogo ganhando
No setor de vendas, quem pensa que a produção não rende pode estar redondamente enganado. Se os concorrentes estão em um ritmo mais lento, é um bom momento para sair na frente e prospectar novos clientes. Muitas empresas conseguem fechar negócios que têm desdobramentos ao longo do ano nessa época.

Hora da faxina
E se, mesmo assim, a demanda ainda continuar lenta na empresa, aproveite para fazer uma organização no ambiente de trabalho. É o tipo de coisas que nunca fazemos nos períodos normais, por conta da correria. Comprar materiais em falta, jogar fora papéis antigos, limpar a caixa de e-mails e fazer um backup no computador são dicas que podem não render negócios, mas que ajudarão no desempenho e na qualidade de vida. E quando tudo voltar aos patamares normais, as coisas estarão à mão, frisa.

Assine o RSS

Leia tudo sobre: ig empregosig empregos carreira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG