Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Taxa de emprego recua -0,2% em outubro, diz IBGE

Pesquisa aponta a menor expansão do indicador, desde março de 2007

Redação iG Empregos |

São Paulo ¿ A pesquisa mensal de emprego do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quarta-feira (10), revela que a taxa de emprego perdeu a estabilidade que apresentava há dois meses. Em outubro, o emprego industrial mostrou variação de ¿0,2% frente a setembro, após crescer 2,7% no mês anterior.

Em comparação com outubro de 2007, o indicador teve alta, com 1,6%. No entanto, esta foi a menor expansão desde março de 2007, quando registrou 1,5%. No acumulado do ano, o nível de emprego cresceu 2,6%, sendo que 11 locais e 12 segmentos aumentaram o pessoal ocupado, em relação ao mesmo período do ano passado.

Os Estados de São Paulo e Minas Gerais, além das regiões Norte e Centro-Oeste, foram as áreas de maior influência positiva na taxa de emprego. O resultado nacional das análises por ramo industrial indica que os setores que mais contrataram foram aparelhos eletroeletrônicos e comunicações (9,4%), máquinas e equipamentos (8,3%), meios de transporte (7,1%) e alimentos e bebidas (2,1%).

A pesquisa caracterizou uma redução no número de horas pagas, na passagem de setembro para outubro (-0,3%). O estudo conclui que a perda de ritmo nos indicadores neste período é um reflexo da desaceleração do crescimento da produção industrial diante do aumento da incerteza com a crise na economia pelo mundo.

Leia tudo sobre: ig empregosig empregos notícias

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG