Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Salários entre homens e mulheres no País só devem ser igualados em 2096

Pesquisa do Ipea mostra que embora participação do sexo feminino tenha aumentado de 46% para 52%, sua posição na escala social é a pior

Redação iG Empregos |

São Paulo - Se as políticas de igualdade entre homens e mulheres no Brasil não acontecerem num ritmo acelerado, os salários de ambos os sexos só serão igualados daqui a 87 anos- ou seja, em 2096. É o que aponta o estudo Retrato das Desigualdades de Gênero e Raça, divulgado nesta terça-feira (16) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pelo Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (Unifem).

O levantamento ¿ com dados dos últimos 11 anos (entre 1996 e 2007) - mostra que, embora tenham aumentado sua participação no mercado de trabalho, de 46% para 52,4%, as mulheres continuam na pior posição na escala social, especialmente as negras. Elas representam a faixa com maior taxa de desemprego e com a menor renda.

Segundo o estudo, 12,2% das mulheres negras estavam à procura de uma ocupação em 2007, ante 9,2% da população branca. As negras também representam a maioria dos empregados no trabalho doméstico (21,4%) e a minoria com carteira assinada (23,3%).

Renda - A desigualdade de renda entre brancos e negros e entre homens e mulheres caiu em cerca 10%. Em 2007, no entanto, mulheres negras ganhavam apenas 34% do rendimento médio de homens brancos, enquanto as brancas ganhavam 62,3% deste valor.

Além disso, o número de mulheres no trabalho doméstico remunerado caiu 8,4 pontos percentuais. Ou seja, 14,2% na faixa etária entre 10 e 17 anos em 1996 contra 5,8% em 2007. Ainda assim, as negras são maioria: 6,5% ante 4,4%.

O estudo analisou 11 blocos temáticos sociais para traçar um perfil das desigualdades de raça e gênero no país. Entre os aspectos analisados estão mercado de trabalho, população, saúde, habitação e Previdência Social.

 

Leia tudo sobre: ig empregosig empregos carreira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG