Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Prós e contras de se viver no Canadá

Brasileiros apontam oportunidades e frio como dois pesos na balança

Maria Carolina Nomura, iG São Paulo |

Há alguns anos, o Canadá recruta brasileiros para residirem e trabalharem no país. Segundo o último censo , vivem legalmente no Canadá 15.755 brasileiros, e a maioria reside em Ontário e Québec .

A agente de intercâmbio Mirella Matthiesen faz parte desta estatística. Há 10 anos no país, ela conta que a flexibilidade foi essencial para conseguir se adaptar. Como vim com inglês muito básico, dediquei o primeiro ano aos cursos de inglês oferecido pelo governo canadense praticamente de graça. Depois, virei professora de português para crianças e no segundo ano comecei a trabalhar tempo integral como analista de sistemas, relata.

Desde fevereiro deste ano, trabalha na MiKix Intercâmbio e auxilia brasileiros que querem estudar no Canadá.

Fluência - Já seu marido, Christian Savelli, que tinha inglês fluente, conseguiu um trabalho em menos de dois meses, ocupando exatamente o mesmo cargo que tinha no Brasil. Chegar dominando o idioma já é meio caminho andado para procurar um bom emprego e se integrar a sociedade, alerta Mirella, que vive em Toronto.

A agente de intercâmbio comenta que a recepção dos brasileiros é boa, uma vez que o Canadá é, por si, um país de imigrantes e multicultural.

Comunidade - Apesar de a comunidade brasileira legalizada não chegar a 20 mil pessoas, há diversos centros de apoio, sites e até jornais, que circulam entre os residentes. O site Brasileiros em Montreal  é um deles. Traz dicas culturais e de serviços.

Um dos mais requisitados grupos de apoio aos recém-chegados é o Centro de Apoio e Integração Social Brasil-Canadá (Cais) . Há também os eventos promovidos pela revista Brazilian Wave , o jornal Brazil News e o atual Brazilian Day Canada .

Prós - Entre as vantagens de se morar em um país ainda pouco habitado por brasileiros estão a segurança ¿ motivo que está na ponta da língua da maioria das pessoas, segundo Eduardo Hutter, autor do Brasileiros em Montreal ¿, a estabilidade econômica, o sistema de saúde socializado e muitas oportunidades de trabalho e de empreendedorismo.

Contras - Contudo, o inverno longo e gelado é considerado um dos principais pontos negativos do Canadá. Para Hutter, frias também são as pessoas. Pessoalmente, eu sinto falta do modo aberto de ser do brasileiro, diz.

Ele diz ainda que o sistema de saúde socializado, apesar de ser bom ¿ porque é de graça ¿, tem enormes filas de espera. Isso sem falar na falta de médicos nos hospitais. Se você for para uma emergência na segunda-feira com uma torçãozinha no tornozelo, pode se armar de paciência, pois vai passar umas seis horas no hospital, reclama ele, referindo-se à província de Québec.

Dicas - Para Mirella, é importante que antes de decidir viver no Canadá, as pessoas desmistifiquem essa ideia de país de primeiro mundo. É essencial também pesquisar muito bem sobre a equivalência de diploma de algumas profissões como engenheiros, advogados, médicos e dentistas, por exemplo.

Ler blogs dos brasileiros que estão aqui ou que estão passando pelo processo de imigração (ainda no Brasil) ajuda bastante, especialmente os que relatam vivências e experiências pessoais, ensina ela.

Leia também:
- Canadá oferece boa remuneração e oportunidades de trabalho

Leia mais sobre empregos

Siga o iG Empregos no Twitter

Receba as atualizações do iG Empregos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG