Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Pesquisa indica que 75% das empresas adotaram medidas para se prevenir da crise

Congelamento de contratações e redução de treinamentos são as principais mudanças no setor de RH

Rachel Sciré |

São Paulo ¿ A crise financeira global não só preocupa as empresas, como já fez com que elas adotassem medidas práticas. Pesquisa da Watson Wyatt, consultoria especializada em RH e remuneração, mostra que 44% das companhias ouvidas estão pessimistas em relação à crise financeira global e 75% já realizaram ações para prevenir possíveis impactos negativos de curto e médio prazos.

Os processos que envolvem recrutamento e políticas de remuneração são os mais afetados pela crise, de acordo com a pesquisa. A força de trabalho foi reduzida em 17% das empresas que responderam a pesquisa, movimento que deve acontecer em outras 38% das companhias ouvidas ainda este ano.

O levantamento aponta ainda que 17% dos entrevistados promoveram reestruturações em suas empresas por causa da crise e 43% pretendem fazê-las em 2009.

O congelamento de contratações é uma das principais atitudes adotadas pelas empresas: 44% dos participantes da pesquisa disseram não ter mais aberto novas vagas. A redução nas ações de treinamento e desenvolvimento é outro ponto constatado junto a 23% dos entrevistados, enquanto outros 43% projetam uma diminuição desse tipo de atividade em até um ano.

Entre os processos menos afetados pela crise, segundo o estudo, estão os de avaliação de desempenho e os planos de sucessão.
As informações foram coletadas com 245 executivos de recursos humanos que atuam em países da América Latina, em empresas de diferentes portes e ramos de atividade.

Leia tudo sobre: ig empregosig empregos notícias

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG