Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

País perde 200 mil postos de estágio em quatro meses

Avaliação é que houve paralisação inicial por causa da nova lei. Depois, na hora de retomar as contratações, veio a crise

Redação iG Empregos |

São Paulo ¿ A Associação Brasileira de Estágios (Abres) anunciou que o Brasil acumula perda de 200 mil vagas de estágio quatro meses depois de entrar em vigor a nova lei. Em setembro de 2008, havia 1,1 milhão de estudantes estagiando. Esse número caiu para cerca de 1 milhão no final do ano e 900 mil em janeiro de 2009. "Há uma queda normal no começo do ano, mas não desde setembro", diz o presidente da Abres, Seme Arone Junior, em comunicado à imprensa.

A avaliação é que houve uma paralisação inicial por causa da lei e das dúvidas que ela gerou. Depois, na hora de retomar as contratações, veio a crise. O preenchimento de vagas em janeiro também não se manteve no mesmo patamar. Em 2009, foram ocupados 49 mil postos de estágio contra 75 mil estimados pela Abres no mesmo mês do ano passado.

Segundo Arone Junior, a maior queda foi entre os estudantes do Ensino Médio, cuja retração de contratos está estimada pela Abres em 46%

Leia tudo sobre: ig empregosig empregos notícias

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG