Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

O que fazer quando se tem experiência em uma área e objetivo em outra?

Consultora analisa currículo de engenheiro químico que visa carreira em óleo e gás

Silvia Angerami, iG São Paulo |

São Paulo ¿ O currículo enviado no corpo do e-mail com o assunto currículo engenheiro químico acima de 30 anos ¿ início de carreira foi escolhido pela equipe de iG Carreiras para ser analisado por Taís Cardozo, consultora organizacional da Human Brasil .
 
Para mim o que mais compromete este currículo é o fato de ter um objetivo (assumir funções na área de petróleo e gás natural) e descrever experiência em trabalhos relacionados a desenvolvimentos de softwares, aponta Taís.

Além disso, ela identifica que o profissional omitiu informações importantes, como a idade, a data de conclusão do curso de Engenharia Química, e ainda o motivo pelo qual não atua ou atuou na área. Taís também aconselha a incluir a informação sobre a data prevista para conclusão do curso de especialização. O que essa pessoa quer realmente?, questiona ela.

Clique para ver o currículo do internauta.
Confira a análise feita pela consultora:

- O profissional omite a idade, o estado civil e se tem disponibilidade para mudança ou viagens
- Para qual função ele está apto? Seu objetivo está muito aberto. Nesse caso, como não sabemos a idade, e nem mesmo tem experiência, precisaria focar uma área em petróleo e gás, em que adquiriu algum conhecimento e que poderia agregar.
- No campo Formação acadêmica, ele deve acrescentar a data prevista de conclusão do curso.
- O Curso de Fluido de Perfuração e Completação, por ser complementar, deveria estar no item Cursos, com carga horária e data prevista para conclusão, para saber o grau de conhecimento adquirido.
- Falta a data da conclusão da graduação em Engenharia Química.
- Na área Cursos constam somente cursos voltados para a área de software, em desacordo com o Objetivo (assumir funções na área de petróleo e gás natural).
- Em Experiência Profissional, se ele quer atuar em engenharia química ou na área de sua especialização atual, não deveria começar a sua experiência profissional com Atuando em trabalhos relacionados a desenvolvimentos de softwares, pois a área de formação não condiz que a sua experiência ate então.
- Quando ele menciona que foi bolsista no Laboratório de Reatores e Biodiesel, deveria dar mais ênfase ao tipo de projeto desenvolvido. Isso poderá pelo menos proporcionar-lhe entrevistas - ficou vago. Além disso, deveria ter um link com o objetivo a que se propõe.
- Em Informações adicionais, é desnecessário mencionar que o estágio foi obrigatório.
- Também seria interessante descrever um pouco mais sobre sua atuação e conhecimentos adquiridos nesse estágio e não apenas citá-lo em Informações Adicionais.
- Seria melhor seguir uma cronologia dentro de Experiência Profissional
- Uma sugestão seria incluir o item Experiência adquirida em Estágios.
- Finalmente, prestar atenção aos erros de português e de concordância. Por exemplo: processos industrial (o correto é processos industriais).

Leia mais sobre currículos

Siga o iG Empregos no Twitter

Receba as atualizações do iG Empregos

Leia tudo sobre: currículosig empregosig empregos carreira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG