Consulado estima que 200 mil brasileiros vivam na Inglaterra

TRABALHO NO EXTERIOR
¿ Experiência internacional ilegal deve ser relatada com reservas, diz consultora
¿ Maioria de brasileiros em Londres trabalha com faxina, diz estudo

Não são poucos os profissionais que embarcam para outro país em busca de melhores condições de trabalho ou uma simples experiência internacional. Contudo, ao se depararem com uma realidade diferente da vivida no Brasil, é comum que essas pessoas tornem-se cidadãos ilegais e sobrevivam fazendo trabalhos que não realizariam aqui.

Segundo o estudo Brazilians in London (Brasileiros em Londres), feito pela Universidade Queen Mary, em 2006, a principal atividade desempenhada por brasileiros em Londres envolve trabalhos de limpeza.

Mulheres - Dos 423 brasileiros entrevistados, 32% faziam faxina em casas e escritórios. Desse total, cerca de 80% eram mulheres.

Além do trabalho, geralmente aquém das competências profissionais, está o problema de ser um morador ilegal no país. O consulado brasileiro em Londres estima que cerca de 200 mil brasileiros vivam na Inglaterra, a maioria em situação irregular.

Publicidade - É o caso de Tatiana Sodré, de 30 anos. Formada em publicidade pela Universidade Metodista de São Paulo, ela embarcou para Londres em 2004 para aperfeiçoar o inglês, mas acabou ficando irregularmente no país.

Quando soube que trabalhando de garçonete eu ganharia cerca de 10 reais a hora, eu me animei e resolvi ficar, mesmo ilegal, conta. 

Tatiana lembra que chegou a trabalhar mais de 10 horas por dia e, aos finais de semana, fazia faxina na casa de uns clientes do restaurante.

Eu ganhei muito dinheiro assim, muito mais do que ganharia no Brasil. Mas, ao mesmo tempo, hoje, quem se formou comigo seguiu uma carreira na publicidade. E eu não, lamenta.

Leia também:
- Os desafios de fazer carreira no exterior

- Novas rotas para brasileiros

Receba as atualizações do iG Empregos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.