Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Funcionários de empresas privadas passam a ter conta-salário

Medida entra em vigor a partir deste mês e empregados poderão escolher banco

Redação iG Empregos |

São Paulo - A partir deste ano, quem trabalhar em empresas privadas terão direito a abrir uma conta-salário no banco. Os funcionários poderão escolher em qual agência prefere receber a remuneração, sem pagar a mais por isso.

Pelas regras do Banco Central, o trabalhador terá a opção de transferir o dinheiro para outro banco com isenção de qualquer taxa ou imposto.

A conta-salário difere da conta corrente por ser destinada ao pagamento de salários e aposentadorias e se tratar de um contrato firmado entre a instituição financeira e a empresa empregadora (e não entre o banco e o empregado).

No entanto, o cliente fica sem direito a talão de cheques e não pode receber outros depósitos além do salário. A resolução do Banco Central que trata da conta-salário é de 2006, mas a primeira fase de implementação atingiu apenas quem tinha contrato de trabalho mais recente.

Agora, os contratos firmados antes de 21 de dezembro de 2006, também passam a ususfruir do direito de transferir os recursos, sem custos, para instituição financeira da escolha do correntista.

Os servidores públicos terão que esperar mais pelo direito à escolha do banco. Para eles, a medida só entrará em vigor a partir de 2012.


 

Leia tudo sobre: ig empregosig empregos carreira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG