Pesquisa da Amcham mostra que 34,5% das companhias criam planos de carreira específicos para estes jovens

A geração Y, formada por jovens que nasceram na década de 80, estão mudando a rotina nas empresas, segundo uma pesquisa realizada pela Câmara Americana de Comércio (Amcham).

O levantamento aponta que como parte da estratégia para reter talentos, mais de 40% das empresas adotam a flexibilidade de horários e 34,5% criam planos de carreira específicos para estes jovens.

A pesquisa, realizada com com 87 gestores de Recursos Humanos de empresas associadas à Amcham, mostra que metade das companhias que participaram do estudo com mais de 30% de jovens da geração Y em seus quadros de funcionários.

Os participantes concordam que entre os maiores desafios para lidar com estes profissionais estão a necessidade constante de motivação para atuação em projetos e tarefas cotidianas, citado por 52,9%, e ajustes na adaptação aos modelos hierárquicos de gestão, lembrado por 35,6%.

Entre os benefícios trazidos pelos profissionais da geração Y, os participantes da pesquisa ressaltaram as ideias e práticas criativas como o mais importante, lembrado por 63,2% dos entrevistados. Outro aspecto importante sobre estes profissionais é o melhor uso de ferramentas tecnológicas nas empresas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.