Dados do IBGE apontam variação negativa de 0,1 ponto percentual em relação a julho

São Paulo ¿ O emprego industrial ficou praticamente estável no País na passagem de julho para agosto. É o que aponta a pesquisa divulgada nesta sexta-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Após crescimento acumulado de 1,3% nos meses de junho e julho, a taxa sofreu ligeira variação negativa de 0,1 ponto percentual em agosto.  Isso significa que o indicador manteve ritmo de expansão praticamente igual ao mês anterior.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, porém, o índice de emprego aumentou 2,5%, acumulando alta de 3% nos últimos 12 meses. A taxa média móvel trimestral do emprego na indústria, considerado o principal indicador de tendência, mostra ainda que o número de trabalhadores cresceu em 12 dos 18 segmentos e em 12 dos 14 locais pesquisados.

Entre os setores, os maiores impactos positivos na média nacional vieram de máquinas e equipamentos (10,6%); meios de transporte (8,4%); máquinas, aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (11,7%) e produtos químicos (10%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.