Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Cursos livres são alternativa para quem quer se atualizar

Programas visam à capacitação e ao aperfeiçoamento em temas específicos

Rachel Sciré e Isis Coelho |

A atualização profissional é quesito indispensável para aqueles que buscam ingressar no mercado de trabalho ou dar um salto na carreira. Para atender a essa demanda, diversas instituições de ensino oferecem cursos livres voltados para o aperfeiçoamento profissional sem que seja necessário passar anos na sala de aula.

Esse tipo de programa se diferencia dos conhecidos cursos de curta duração por não conceder títulos, nem diplomas - apenas certificados de presença. Mas contam pontos no currículo, explica a assessora pedagógica de pós-graduação lato sensu da Universidade Metodista de São Paulo, Maria de Fátima Moreira.

De acordo com a coordenadora dos cursos livres e de extensão do Senac São Paulo, Valquiria Rizzo, os cursos livres permitem o desenvolvimento de competências específicas. Isso porque, a maioria dos programas visa suprir carências de profissionais que já atuam no mercado, diz.

Um exemplo são as modalidades de atendimento ao cliente em comércio exterior ou gerenciamento de projetos sociais na empresa, ambas oferecidas pelo Senac. Do mesmo modo, existem opções para quem ainda não ingressou no mercado, como os cursos de idiomas e de informática. Ou, então, atividades para quem busca uma recolocação profissional, como os programas de atualização para secretárias ou gestão financeira em serviços de saúde, da Metodista.

Para participar dos cursos não é necessário ter diploma. Mas o ideal é que a pessoa saiba no que deseja se especializar, explica Valquíria. Os cursos estão alinhados às atualizações do mercado e pautados nas necessidades de cada profissional.

O público-alvo e os pré-requisitos variam de acordo com a modalidade, assim como a carga horária e os valores. Como a maior parte dos freqüentadores é composta por pessoas que já trabalham, as opções no período da noite são mais procuradas. Entre os temas de maior preferência por grande parte dos alunos envolvem as áreas de comunicação, negócios e tecnologia.

Os cursos livres não possuem normatização no Ministério da Educação (MEC) e podem ser oferecidos por qualquer instituição, que costumam emitir certificados de formação básica, após o término. Um curso de secretariado, com duração de quatro horas, custa R$ 108 na Metodista, por exemplo.

Leia tudo sobre: ig empregosig empregos cursos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG