Pesquisa da consultoria Robert Half aponta que falta de profissionais qualificados continuará elevando a remuneração

O cenário de crise não deve afetar a remuneração na área de Tecnologia da Informação (TI) no País. É o que afirma Robert Andrade, da consultoria especializada em recrutamento Robert Half. Isso porque a forte disputa por profissionais pelas empresas continuará acirrada - inclusive com o "rouba-rouba" de mão-de-obra qualificada entre os concorrentes, reflexo da falta de gente especializada.  

Em outubro, no meio do furacão, registramos um aumento de 30% no número de vagas ligadas ao setor ante ao mês de setembro, diz. Para Andrade, os salários dos profissionais de TI devem continuar altos e seguir a média praticada nos últimos dez meses.

Pesquisa realizada neste período pela Robert Half revela que a remuneração mensal de um diretor de TI no Brasil varia de R$ 28 mil a R$ 36 mil, dependendo do tempo em que ele atua no mercado e o porte da companhia que trabalha. Se este profissional for de uma empresa de médio ou pequeno porte, o salário fica entre R$ 17 mil e R$ 21 mil.

De acordo com o levantamento, o salário mais baixo de um diretor de TI de uma pequena ou média empresa varia de R$ 9 mil a R$ 13 mil. Quando o diretor de TI vai ampliando o tempo de casa, o salário aumenta na seguinte proporção: de 3 a 5 anos, entre R$ 11 mil e R$ 15 mil; de 6 a 9 anos, de R$ 13 mil a R$ 17 mil, de 10 a 15 anos, entre R$ 15 mil e R$ 19 mil; e vai de R$ 17 mil a R$ 21 mil se o execu

Já o rendimento mensal de um chief information officer (CIO) com até dois anos em uma empresa de grande porte fica na faixa de R$ 16 mil a R$ 20 mil. Remuneração muito próxima à de um profissional que está há muito tempo em empresas de pequeno e médio porte.

No momento que o CIO de uma grande empresa atinge entre 3 a 5 anos de casa, seu salário pula para entre R$ 18 mil e R$ 24 mil, chegando a R$ 30 mil se ele está na mesma empresa por 9 anos. Vale ressaltar que os salários referem-se a remuneração fixa, excluindo bônus.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.