Diretora de escola de inglês dá dicas para estudantes brasileiros

São Paulo ¿ No período letivo de 2008 e 2009, segundo o relatório anual Open Doors do Instituto Internacional de Educação (IIE), quase 9 mil brasileiros estudaram em instituições norte-americanas.

O ingresso em uma universidade dos Estados Unidos depende da análise do histórico escolar e das notas, e também do envolvimento do candidato com atividades extracurriculares, como esportes e música.

Para alunos estrangeiros, além do SAT ou ACT ( American College Testing ), é necessário incluir também a nota do Toefl ( Test of English as a Foreign Language ). Além disso, são avaliados valores familiares, trabalhos voluntários, além do potencial de liderança de cada candidato.

Enquanto no Brasil o estudante que disputa uma vaga no Ensino Superior deve estudar várias disciplinas, nas áreas de exatas e humanas, submeter-se às provas do exame vestibular (algumas em duas fases), nos Estados Unidos o processo seletivo é diferente.

Isso não quer dizer que o estudante não precisa se esforçar. Os brasileiros interessados devem possuir conhecimento avançado de inglês.

Há algumas semelhanças entre o SAT dos Estados Unidos e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Brasil. Em ambos, o aluno deve atingir pontuações mínimas para ingressar na faculdade. Mas nos Estados Unidos apenas duas disciplinas são avaliadas: inglês e matemática.

Por isso, para o estudante brasileiro é imprescindível a realização do Toefl, exame feito on-line, chamado de The Next Generation IBT .

Ele se divide em quatro fases: s peaking (fluência oral), listening (compreensão oral), writing (redação) e r eading comprehension (compreensão de texto e vocabulário).

A prova do SAT é formada por reading comprehension , math (matemática) e writing .

Dicas ¿ Todo o processo exige um planejamento de até um ano e meio de antecedência. Confira as dicas de Ana Virginia Kesselring, diretora do Virginia Language Center:

18 meses antes
- Busque faculdades e universidades que gostaria de cursar
- Comece a se preparar para os testes Toefl e SAT
- Continue estudando na escola, pois boas notas serão importantes para sua admissão

12 meses antes
- Solicite às faculdades todas as informações sobre os formulários a serem preenchidos e, se possível, visite as universidades pessoalmente
- Escolha dois ou três professores que possam escrever cartas de recomendação, com referências suas
- Peça seu histórico escolar nas escolas onde você estudou (providencie a tradução, por um tradutor juramentado)

11 meses antes
- Intensifique as aulas preparatórias para os testes
- Estude as respostas recebidas das universidades e preste atenção aos prazos
- Escreva uma carta, de forma única e pessoal, explicando por que deseja ser admitido nessa faculdade, tomando cuidado com erros de gramática e ortografia

8 meses antes
- Inscreva-se para os testes SAT e Toefl para que tenha tempo de refazer os testes, caso as notas não forem adequadas
- Providencie seu passaporte

6 meses antes
- Faça os testes

4-5 meses antes
- Você começará a receber notícias sobre as decisões das universidades. Caso não as receba, entre em contato com elas
- Aceite apenas uma oferta e informe as outras universidades sobre a sua escolha
- Providencie a passagem

Leia mais sobre cursos

Siga o iG Empregos no Twitter

Receba as atualizações do iG Empregos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.