Publicidade
Publicidade - Super banner
Carreiras
enhanced by Google
 

Como indicar seu objetivo e experiências profissionais no currículo

Especialistas sugerem destacar habilidades e atividades semelhantes às da vaga buscada

Rachel Sciré |

Na análise de um currículo, a definição do objetivo e a explicação da trajetória profissional são dois quesitos que contam muitos pontos. O candidato deve despertar o interesse do headhunter com informações pessoais relacionadas à vaga buscada, ensina a gerente de recrutamento e seleção da Allis, Gerusa Mengarda.

Para isso, é fundamental preencher esses campos adequadamente. Para evitar dúvidas, a consultora da Allis e o consultor do Instituto de Organização Racional do Trabalho de São Paulo (Idort), David Carlessi, explicam passo a passo como escrever sua apresentação. Confira as dicas.

Objetivo
Seja bem específico e defina a posição que você quer ocupar no futuro emprego. Por exemplo, "gerente de Recursos Humanos". Nunca coloque uma área genérica ou várias misturadas, pois isso pode confundir o selecionador, ensina Calessi.

Frases que destacam objetivos pessoais também não servem para esse campo. De acordo com Gerusa, se a pessoa está em dúvida sobre qual posição poderá ocupar na empresa, é melhor pular o campo Objetivo, do que preenchê-lo vagamente.

Resumo das qualificações
Vale à pena apresentar um sumário das realizações na carreira, antes do item Experiências profissionais. A idéia é contar, em resumo, as atividades desempenhadas e as vivências adquiridas com os cargos ocupados até o momento. Mostre quem é você ao desempenhar a sua profissão, sugere Gerusa.

O trecho deve ser explicativo e vir logo após o Objetivo, com o qual precisa estar alinhado. Para Carlessi, este é o ponto mais importante de um currículo. Trata-se do espaço em que o candidato tem a chance de apresentar os principais argumentos, capazes de chamar a atenção do selecionador, diz.

Resultados alcançados
O futuro empregador está interessado em saber como foi seu desempenho até hoje. Para cargos mais estratégicos, é interessante colocar os resultados alcançados, conta Gerusa. As conquistas devem conter dados que comprovem o sucesso - por exemplo, "aumento do faturamento em 25%". Essas informações não cabem no currículo de profissionais operacionais, a não ser que sejam dados muito expressivos, ressalta.

Empregos anteriores
As experiências devem ser destacadas em ordem cronológica, da mais recente para a mais antiga. Como é recomendado que um currículo não tenha mais de duas páginas, nem sempre há espaço para descrever todas as atividades. Nesse caso, opte pelas que são mais relevantes para o posto disputado. O ideal é não ultrapassar cinco experiências anteriores, diz Gerusa.

Objetividade
Seja objetivo e guarde os detalhes para o momento da entrevista. Coloque o nome da empresa e uma frase que descreva sua atuação. Deste modo, o selecionador poderá saber em que segmento atua e qual sua expressividade no mercado.

Cargo
Explicite o cargo e a função, junto ao mês e ano de entrada e de saída na companhia. Caso tenha passado por diferentes posições, inclua o histórico, sempre partindo da última para a primeira.

Em alguns casos, o nome do cargo que consta na Carteira de Trabalho é diferente da atividade exercida. Segundo a consultora, é possível colocar no currículo o nome que for mais atrativo para o mercado e, durante a entrevista, explicar o motivo das diferenças.

Salário
Não é preciso dizer qual era a remuneração em cada experiência. Deixe esse assunto para o momento de fechar o contrato. Pretensão salarial pode aparecer somente quando o currículo pedir, diz Gerusa.

Nenhuma experiência
Para os jovens, uma maneira de driblar a ausência de experiências é destacar dados da qualificação, como a participação em cursos ou palestras na área. Nesse caso, experiências informais também contam, por exemplo, trabalho em família, trabalho voluntário ou envolvimento em atividades acadêmicas, como escritórios juniores ou associações atléticas.

Leia tudo sobre: currículosig empregos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG